Ah uma Brasa – atualizações

(Ever worry that it might be ruined?/Gravataí 24 graus e maio abafadinho) A White teve que passar por uma operação drástica nesse último mês. Infelizmente devido ao seus anos de vida ela estava bem desgastada. Algo bem óbvio. Problema é que carro velho/antigo é assim mesmo. Você troca alguma peça e essa não trabalha tão bem quanto a antiga, pelo contrário, trabalha pior que a antiga.

Fim de tarde, ótima hora pra dar uma volta.

20180418brasawhite1

Num efeito cascata você vai tendo que trocar tudo que está em volta daquilo que no início deu problema. A suspensão dela estava muito boa, pro resto do conjunto, principalmente o cabeçote. Peça chave da frente do carro, liga o quadro da suspensão com a carroceria do veículo. No quadro está ligado, por exemplo, a caixa de direção.

Aí ao trocar essa peça nós já trocamos as caixas de ar e o assoalho. Ia ter que desmontar mesmo, então numa manobra preventiva Márcio fez esse upgrade. Por baixo agora ela tá nova. No entanto a cada peça que você troca, uma nova deixa de fazer sentido ou passa a funcionar pior.

Márcio, São Márcio do Aircooled como é conhecido, alinhou as portas também. Ficaram ótimas. Parece que estamos trabalhando com geladeiras. Nas fotos dá pra ver pelas linhas da carroceria que o carro está bem alinhado, apesar da aparência trash, rat look, nesse ponto estamos muito bem.

20180418brasawhite2

Tivemos que trocar, não por essa mudança do assoalho, o motor de arranque. Deu pau, parou de funcionar. Bom é que a White é boazinha comigo. Pifou estacionada na garagem. Também trocamos (Márcio trocou). Aí eu mesmo fiz: troquei algumas peças do pedal do acelerador e o próprio cabo e o volante que herdou da blue (mais pra frente relato isso).

Também coloquei as tampinhas das válvulas dos pneus, que simulam garrafinhas de vidro da Coca-Cola, foto abaixo. Comprei numa loja de bicicletas em Bom Retiro do Sul, é um cliente nosso. Ficaram muito legais. Essa semana acho que eu consigo ainda pintar as laterais que estão pretas e colar os adesivos da “Coca-Collie”. Aí não haverá motivo pra não andar com ela até os encontros, mesmo com os bancos ruins.

20180418brasawhite4

Agora algumas coisas ficam muito escancaradas, pro lado negativo. Os bancos são um ponto. Tendo em vista que o carro não faz mais tanto barulho quanto fazia antes, eles são responsáveis pelo chato nhéconhéco enquando andamos dentro da cidade. Quando a rua ou estrada é boa, quase não se nota. Falta o rádio, está sobrando o buraco no painel, fica feio.

20180418brasawhite3

Outro ponto para melhorar, uma caixa de direção mais firme. Eu não gosto de carros muito soltos, O Fusca é bem levinho, é bom de dirigir, porém se não tiver folga. No caso não tem no 79. Nela tem uma leve folga, ainda. Comprar outra caixa de direção, revisada e roletada como a da Blue é uma solução boa e rápida. E terceiro ponto de imediato é a alavanca do câmbio. Preciso de uma EMPI igual a da Blue! Pra engates mais curtos e rápidos. Sem falar no fim do problema de quase engatar a ré quando tenta colocar a segunda.

Porém pra tudo isso vamos precisar de uma quantidade bem boa de dinheiro, logo teremos que aguardar por momentos mais propícios aos novos upgrades. Ou enfiar tudo no cartão de crédito e pagar bem pedalado 😛 .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *