A vida depois do Agility

20201013NICO2

(Cada um fez sua vida de forma diferente / Gravataí 18 graus) Escrevi aqui que existe vida depois do agility. Continuo com 100% de certeza dessa afirmação. Na época eu ainda estava meio chateado, muito, pelo rumo que as coisas tomaram, não por mim porque a minha saída do esporte já estava bem desenhada, hoje eu vejo, só que o esporte não suportou péssimas decisões.

Eu precisava apenas de um bom motivo. Me deram vários.

Dia desses eu conversava com uma amiga, que segue nessa missão, praticar o esporte. Que é fantástico, isso precisa ser reforçado. E numa rápida conversa ela me mostrou uma foto de um filhote e escreveu “ótima oportunidade pra você voltar pro agility”.

20201013GLEE

Nem sei se agradeci, pelo que me lembro só disse “estou velho pra isso”. Não para ter cachorro, acho que estou velho pro processo de construir ele pro esporte. A maior prova disso são os dois cães que tenho e que nunca foram pra pista comigo. Nimoy até competiu com a Vívian e a Lew mal sabe saltar. Nossos cães hoje são apenas cães e ponto final.

Chegaram nessa fase de desaceleração que tivemos, Nimoy e Lew.

Como minha motivação sempre foi competir, não faz sentido treinar sem entrar em pista. Tenho certeza que não sou o único que tem o Agility bem postado na competição. No meu caso nem era ser o primeiro, sempre digo isso, minha meta sempre foi ser melhor do que já havia sido.

E o futuro?

Desse ninguém sabe. Não dá pra dizer que nunca mais vou praticar, o que posso afirmar é que o mais próximo do esporte que eu chego é tirar os obstáculos que temos do lugar para cortar a grama. Em relação aos cães, por exemplo, o Bola tem 13 anos, ficou no lugar do Schummy (exatamente hoje são 2 anos sem ele aqui em casa), Glee 8. A segunda ainda poderia competir, mas só pra botar ela em forma novamente demoraria um ano. E teria mais um ano competindo. Coca mesma coisa, tem sete anos já.

Sobram Nimoy e Lew. Novos cães? Não, sem chances, como falei antes “fiquei velho”.

20201013LEW

1 thought on “A vida depois do Agility”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *